2 de outubro de 2019

Tendências entre 01 e 15 de outubro de 2019: Tudo que vive, morre.

O eterno ciclo vida/morte/vida. Sementes e frutos... O encontro das polaridades gera o Um.

O filho que nasce com marcas ancestrais, carrega chagas em sua alma.

Teria bastado ser desejado, mas resolveu nascer bastardo. Ainda assim, nutria pelos seus pais um amor por ter ganhado a vida. Mas essa vida não era valorizada, pois seus pais ainda estavam presos em suas próprias histórias de amor e de origem.

Cresceu em meio de pouco amor e aprendeu com suas próprias feridas a lidar com dor e curar em amor, mas sempre deixando uma cicatriz em sua pele. E nesse aprendizado de cura foi se esquecendo do autoconhecimento.

Cresceu sendo rejeitado pela sociedade ou mesmo por pequenos grupos em que se envolvia. Era o desajeitado, o maltrapilho, o de humor severo e aparência nefasta.

Aprendeu a receber amores adotivos e se tornou responsável aos cuidados de quem ia angariando na vida. Crescendo e aprendendo. Em seus maiores aprendizados, reconhece a força de uma terra e a importância de se reverenciar o chão abaixo do castelo. E aos poucos vai se desfazendo de ideias fúteis e mundanos utensílios, para tão somente reconhecer a vida e a morte.

Ao se tornar não um rei, mas um admirado e cultuado “deus”, aprendeu definitivamente que nossa honra está na nossa história carregada de todas as histórias anteriores as nossas e todas as futuras. Onde tudo se encontra e se recria. Onde a morte é vida e a vida é morte.

Ainda grato pela vida que recebeu e pelos amores conquistados, passa a integrar a sua vida ao universo. Mesmo que ainda não compreendido por essa vida, passa a buscar seu propósito na caminhada. Unindo a seu favor as energias que favorecem sua evolução.

E assim, vamos chegando aos dias atuais, onde se deve cultuar os grandes reis de nossa história, compreender o amor que nos é dado conforme aprendido e respeitar o chão antes mesmo do que vem acima dele. Receber a energia doce do fogo.

Mesmo que os dias sejam de dúvidas na fé e incerteza dos resultados, devemos olhar para as histórias na bagagem e o chão pisado até agora. Porque quando não entendemos mais nossa caminhada, sempre haverá um sopro luminoso que nos colocará de volta ao rumo.

Dias de muita tradição e muita reflexão. Busquem respostas de onde vieram e para que vieram. Quando a alma se ilumina não existe obstáculos. O universo conspira e nos tornamos deuses.

Tudo que recebemos soamos. Tudo que aprendemos, nos tornamos. Tudo que vive, morre.

Óleo Essencial – Manjericão

Artigo escrito por Marcelo Barroca

Marcelo Barroca Assertividade. Intuição. Humanidade. Assim se caracteriza seu trabalho como Oraculista. Tradução de símbolos arquetípicos com a marca de quem ama e respeita o que faz.

Comentários

Valéria Trigueiro

Valéria Trigueiro é professora de inglês por formação e aromaterapeuta por vocação. Escolheu dentre todas as possibilidades que a Aromaterapia apresenta, elaborar perfumes personalizados como item de “cuidados pessoais”. Para tal utiliza diversas ferramentas de investigação energética e emocional, fazendo anamnese profunda e testes olfativos. Dentre tais ferramentas podem ser encontrados a Carta Natal do cliente, o estudo dos setênios ou a leitura de oráculos com abordagem alquímica. Todos os produtos são elaborados com ervas e óleos essenciais da melhor qualidade, sem quaisquer aditivos químicos.

E-mail para contato