1 de maio de 2015

Afrodite – A deusa alquímica em cada um

Deusas e deuses simbolizam aspectos da humanidade. Homens e mulheres os podem ter ativados em si independente do gênero.

afrodite

Para podermos falar de Afrodite como deusa Alquímica, lembramos que existem as deusas virgens que são Artemis, Atena e Héstia. Além delas existem as deusas vulneráveis personificadas por Deméter, Hera e Perséfone.

Afrodite tem algo de todas essas deusas, sem contudo se assemelhar a elas, já que além de fazer o que bem entendesse, inspirava com sua beleza a criação como a poesia, a arte, o próprio amor e a vida. Ela teve seus próprios filhos.

Diferentemente das deusas virgens, que valorizavam a independência, e das vulneráveis que eram motivadas a terem laços permanentes com seus companheiros, Afrodite valorizava as emoções, o movimento, a ação, e redundante seria dizer, o amor e a beleza.

Sempre procurando consumar seus relacionamentos e gerar novas vidas, fosse literalmente, ou através da manifestação da beleza em todas as suas formas. Toda aquela que receber como graça as bênçãos de Afrodite, será capaz de tornar-se um imã para atrair não só relacionamentos sexuais como muitos podem supor, mas gerará uma “química” que atrairá relacionamentos profundos, criativos e criadores de beleza, além da cura e conhecimento do outro, cultivando compreensão, intimidade e união.

Esses ingredientes poderão levar os indivíduos à própria inteireza do ser quando tal sinergia se der além do físico, tocando a mente, a emoção e o espírito. Nesse sentido acende-se a centelha de luz que gerará a transformação, a criação e a consciência.

Afrodite não é apenas a Deusa do Amor e da Beleza, ela é a própria paixão em seu sentido mais amplo. Quem vive esse arquétipo é capaz de mergulhar em uma simples conversa literalmente de corpo e alma, doando-se por inteiro àquele momento, fazendo com que seu interlocutor sinta-se único, admirado, e com uma autoestima que o fará capaz de realizar aquilo que nem sequer julgava-se capaz.

Isto tudo devido à nova consciência que terá de si mesmo, criada naquele momento sagrado quando sentiu-se validado pelas atenções da Deusa.

Importante, contudo, será vivenciar todas essas emoções, integrar a própria consciência, mas não deverá manter a ilusão de que a bela Afrodite esteja apaixonada por ele.

Ela na realidade, é a própria paixão, o fogo que ilumina seus sonhos e alimenta a brasa onde será preparada a matéria que servirá para alimentar e manter vivos os desejos e a motivação desta pessoa, que os verá todos realizados graças à luz da consciência de si mesmo através do olhar atento e amoroso de Afrodite.

Ela tem o fogo alquímico, transformador da sombra em luz, do medo em fé, da inércia em movimento em prol da autocura, e a partir desta, a cura da Humanidade. Afinal, ela é a manifestação do amor.

Dica da semana: recomendo assistir ao filme Em Luta Pelo Amor – 1998, título original Dangerous Beauty. Afrodite Alquímica em ação.
http://assistirfilmesonline.info/em-luta-pelo-amor/

Artigo escrito por Valéria Trigueiro

Valéria Trigueiro é perfumeterapeuta com experiência na elaboração de perfumes personalizados segundo o equilíbrio dos 4 Elementos. Seu trabalho define-se como "Aromaterapia e Espiritualidade.

Comentários

Valéria Trigueiro

Valéria Trigueiro é professora de inglês por formação e aromaterapeuta por vocação. Escolheu dentre todas as possibilidades que a Aromaterapia apresenta, elaborar perfumes personalizados como item de “cuidados pessoais”. Para tal utiliza diversas ferramentas de investigação energética e emocional, fazendo anamnese profunda e testes olfativos. Dentre tais ferramentas podem ser encontrados a Carta Natal do cliente, o estudo dos setênios ou a leitura de oráculos com abordagem alquímica. Todos os produtos são elaborados com ervas e óleos essenciais da melhor qualidade, sem quaisquer aditivos químicos.

E-mail para contato

Formulário

Sua opinião é muito importante para nós. Envie uma mensagem através do nosso formulário abaixo.