12 de agosto de 2020

Coração, Cabeça e Mão

Falamos tanto em coração como sede do amor, em mente como morada da racionalidade e pouco conhecemos sobre seus mecanismos. Ok, os cardiologistas e os neurologistas entendem bem desses órgãos, mas no nível físico.

Nosso assunto aqui são suas funções no mundo não físico. Assim, para dar um ideia da importância desta conexão, me ocorreu o símbolo que mais tenho afinidade, que é a Chama Trina.  Sempre o poder do Três. Corpo, Mente, Espírito.

Veja a imagem acima. São três plumas – cada uma representa uma face da Santíssima TrindadeO Pai, PoderChama Azul, semente de tudo; O Filho – a Sabedoria – Chama Amarela; e o Espírito Santo – o  Amor, a Compaixão.

Ali no centro, em nosso coração, mora a Centelha Divina, a parte do Cristo em nós. É como se tivéssemos um compartimento secreto dentro de nosso corpo onde o Divino faz Sua morada. Nosso Cristo Pessoal.

Quando em caso de conflitos internos, pedimos solução a um amigo,  e este diz apenas: “Consulte seu coração”. Achamos que ele fez pouco, que não nos deu a atenção que queríamos e “merecíamos”. Ah, tá! Ele nos devolveu a responsabilidade que é nossa e não resolveu aquilo que nos cabe dar atenção. Agradeçamos. Toda a Sabedoria do Universo ali faz morada. Consultar o coração significa dizer: “Fale com o seu Deus interno, em amor, sabedoria (e tudo o que esta significa e com o Poder de Filho da Divindade”.

Como em nosso centro vive a Centelha Divina que se desloca do Universo através de um cordão de prataimagine uma luz cristalina descendo do Espaço, penetrando sua cabeça através do Chakra Coronário, e vindo contatar nosso coração – através de sua pulsação, ela nos integra ao Cosmos, nos lembra nossa filiação – temos a centelha e devemos honrá-la e cultivá-la.

A melhor forma de fazê-lo é lembrar o seu significado: Amor, Sabedoria e Poder.

Em conversa com um Amigo Espiritual, ele insistiu bastante em utilizarmos a palavra equalizar – a princípio não entendi direito a razão, mas quando não entendo algo, não interrompo. Me dou a oportunidade de investigar dentro de mim e em caso de insucesso, recorrer a outros meios, o que significa Google. rsrs

Pois é, foi o que aconteceu – equalizar significa tornar igual, mas também é um termo utilizado em eletrônica para alterar as freqüências do som, aumentando ou diminuindo até que se chegue a um ponto de equilíbrio. Assim, não teremos ruídos e atingiremos a harmonia.

O que isto tem a ver com a Chama Trina? Tudo. Se equalizarmos  o poder de criação, da força e determinação da Chama Azul com o Amor, somados à compaixão e à criatividade contidos na Chama Rosa e conectarmos com a sabedoria da mente de Cristo com toda a inteligência divina da Chama Amarela, estaremos em perfeita conexão com nosso propósito de Vida – quando pouco, a Evolução.

Deixar a luz do Pai chegar a nós através de nosso Chakra Coronário, no qual reside nossa glândula pineal a sede da alma, como afirmou o filósofo Renée Descartes, e recebê-la em nosso coração, estaremos em perfeita conexão com tudo aquilo que É no Universo e nosso propósito aqui na Terra. Estaremos vivendo com consciência o privilégio de sabermo-nos Filhos do Divino.

Por quê o chakra coronário? Seria pelo fato de estar no topo da cabeça? Também, mas não é só. Nosso cérebro é uma usina geradora e receptora de luz. A cada informação um neurônio envia para outro a mensagem (via axônio) e isto gera luz – freqüência de onda, como o som.

E nosso coração? Pois é, também tem milhões de neurônios geradores de luz que a cada

 informação alimenta nosso corpo, a nossa alma e é capaz de elevar nosso espírito. A responsabilidade, o privilégio e a vantagem é toda nossa.

Imagine que em seu coração tem um pequeno cérebro. Por que essa imagem? Apenas para saber que eles acolhem um ao outro e são parte de uma Unidade Cósmica e uma Unidade física, no seu caso, você mesmo. Trabalham juntos em seu benefício, e que você o expanda em benefício da Humanidade como um Todo.

Existem belos mantras e decretos da Chama Trina, que caso tenham interesse, podem procurar na web, ou nos contatar. Teremos prazer em enviar.

Estamos em um momento na Terra que se faz urgente conectarmo-nos com essa luz cristalina, recebermos a luz que vem do Alto, processarmos em nossos corações e expandirmos em Amor, Sabedoria e o Poder que nos confere o fato de termos uma partícula do Criador.

Não podemos esquecer que tal momento está denso e triste. Em números de nosso país, são mais de 103.000 famílias sofrendo um luto, mais de 103.000 espíritos  fazendo caminho para a Espiritualidade, e toda uma população que se divide em fazer o “jogo do contente” agindo como se a pandemia tivesse acabado, outros com medo de contaminação pessoal e de seus entes queridos. A energia está densa e confusa – façamos nossa parte, não esperemos por “poderes terrenos”.

Assim sendo, peço que conectemos nosso coração à cabeça e às mãos – sentir, pensar e agir. Na Chama Trina encontramos a Fé, a intenção divina, a Lei do Amor. Que encontremos a luz necessária para cumprirmos com consciência  um destino de Alma em luz, em Graça, Beleza e Alegria. É possível. Hora de agir.

Que seja de forma equalizada em Amor, Sabedoria e Poder. Que estejamos em conexão com a luz cristalina, e assim será expandida nossa Chama em amor e Cura.

Deixo aqui o Decreto do Coração, Cabeça e Mão do livro A Ciência da Palavra Falada, editado pela Summit Lighthouse. 

Coração

Fogo Violeta, Amor Divino,

Refulge no meu coração!

És a eternamente fiel clemência,

Em harmonia contigo mantém-me sempre (3 vezes)

Cabeça

Eu Sou luz, oh Cristo em mim,

Libertai-me para sempre o pensamento:

Fogo Violeta brilha para sempre,

No mais profundo da minha mente.

Deus que me dais o pão de cada dia,

De fogo violeta inundai a minha cabeça

Até que Vosso celestial fulgor

Em mim produza uma mente de luz. (3 vezes)

Mão

Eu Sou a mão de Deus em ação

Todos os dias alcançando a vitória,

A maior alegria da minha alma pura

É caminhar pela Senda do Meio. (3 vezes)

Sugestão: Utilizar óleo essencial de Mirra – fazer 28 dias seguidos.

Outro artigo sobre a tríade da Chama Trina (sonhar, agir e realizar) e a Mirra

 

Artigo escrito por Valéria Trigueiro

Valéria Trigueiro é perfumeterapeuta com experiência na elaboração de perfumes personalizados segundo o equilíbrio dos 4 Elementos. Seu trabalho define-se como "Aromaterapia e Espiritualidade.

Comentários

Valéria Trigueiro

Valéria Trigueiro é professora de inglês por formação e aromaterapeuta por vocação. Escolheu dentre todas as possibilidades que a Aromaterapia apresenta, elaborar perfumes personalizados como item de “cuidados pessoais”. Para tal utiliza diversas ferramentas de investigação energética e emocional, fazendo anamnese profunda e testes olfativos. Dentre tais ferramentas podem ser encontrados a Carta Natal do cliente, o estudo dos setênios ou a leitura de oráculos com abordagem alquímica. Todos os produtos são elaborados com ervas e óleos essenciais da melhor qualidade, sem quaisquer aditivos químicos.

E-mail para contato