31 de outubro de 2017

Tendências entre 29 de outubro a 04 de novembro de 2017: O despertar

O acordar, diferente de despertar. Abrir os olhos, diferente de ver. Saber, diferente de conhecer. Despertar é por inteiro, estar presente.

Dormi na Europa em uma época medieval e acordei em plena Tóquio no dia 29 de outubro de 2017. Sabe o que isso significa?

Não havia respeito às mulheres, aliás, pouco se tinha respeito. Hoje acordei com a democracia, com a diferença, com gêneros sexuais.

Dormi rude, sem modos, muita das vezes ainda comendo com as mãos a pouca caça que conseguíamos estocar, e acordo hoje, com opções extensas de culinárias e iguarias inimagináveis.

Dormi na escuridão quase ainda de trevas e acordei em uma das mais feéricas cidades.

Dormi sem nada saber e acordei sem nada entender.

É assim que se define a tendência da semana. Uma mistura de muita informação, com pouco entendimento e sensação de não ser pertencente àquela época.

Na parte emocional,  uma incerteza, uma vontade de estarmos protegidos pela infância sem preocupação. O que nos fará ficar um pouco mais reflexivos e até mesmo fechados em ostras que pode ser facilmente confundido com tristeza.

Mas “aquele homem medieval” pouco entendia sobre amar, ou sobre demostrar amor, muito menos receber amor. Essa semana, ele terá que aprender a falar disso, receber beijos e abraços sem se preocupar com arquétipos de fraqueza ou imaturidade.

Aquele homem medieval que tanto se preocupava em conquistar terras e avançar em guerrilha, essa semana se preocupará em fugir da insegurança, em avaliar a possibilidade de subir novas montanhas que tragam novos horizontes.

Aquele homem que plantava, caçava, lutava e conquistava, essa semana terá que admitir medo de futuro, limitações no trabalho e falta de aprofundamento. Sim! Está na hora de se aprofundar! Não basta esse medieval aprender computador, se esta ferramenta realmente não falar com ele.

Aprenderemos esses dias que mesmo a casa fechada, precisa ser varrida vez em quando.

Não confundam a sensação de medo, com um pequeno desvio que o fez se perder no caminho.

O homem medieval descobrirá essa semana que ele evoluiu e se tornou tecnológico, disciplinado, responsável e mais que tudo, capaz de soerguer mesmo depois da pior das catástrofes.

O homem medieval essa semana descobrirá que a fraqueza, o medo e a incompatibilidade, se tornam a solução, o sucesso e a assertividade.

Levante da cama e descubra onde você acordou!

Bom Dia!!! Boa Semana!!!

Óleo Essencial para despertar e estar presente no mundo: Vetiver 

Artigo escrito por Marcelo Barroca

Marcelo Barroca Assertividade. Intuição. Humanidade. Assim se caracteriza seu trabalho como Oraculista. Tradução de símbolos arquetípicos com a marca de quem ama e respeita o que faz.

Comentários

Valéria Trigueiro

Valéria Trigueiro é professora de inglês por formação e aromaterapeuta por vocação. Escolheu dentre todas as possibilidades que a Aromaterapia apresenta, elaborar perfumes personalizados como item de “cuidados pessoais”. Para tal utiliza diversas ferramentas de investigação energética e emocional, fazendo anamnese profunda e testes olfativos. Dentre tais ferramentas podem ser encontrados a Carta Natal do cliente, o estudo dos setênios ou a leitura de oráculos com abordagem alquímica. Todos os produtos são elaborados com ervas e óleos essenciais da melhor qualidade, sem quaisquer aditivos químicos.

E-mail para contato

Formulário

Sua opinião é muito importante para nós. Envie uma mensagem através do nosso formulário abaixo.