23 de maio de 2017

Tendências de 21 a 27 de maio de 2017: Um índio descerá de uma estrela colorida

A realização do seu sonho vem de um passado longínquo, de dentro da Terra e do coração que são seus. O índio está vivo e aceita o desafio.

Os esquecidos retornam como grandes heróis. Se um dia partiram banidos por ultrapassarem barreiras, por irem em busca de novos horizontes, agora chegou a hora do grande retorno para que triunfem como salvadores.

Até agora sensação é de nada atingido, mas o que precisamos exercitar é o uso do controle, a habilidade de fazer esforço, mesmo quando se sabe que não haverá grandes resultados.

Pois um dia, por exercício ou por prática  começará a chegar a colheita do que plantamos.

Dias de grandes disputas, de muita especulação e de queda de grandes tronos. Mas alguém de longe chegando para trazer a realização dos sonhos.

Um índio é capaz de comer até a carne mais venenosa e rastejante quando a fome assola. Mas o mesmo índio sabe que não é disso que deve transformar sua dieta, muito menos sua iguaria predileta.

Chegou a hora das oportunidades, de comer a caça antes não experimentada para matar a fome e renovar as energias para seguir adiante. Não desperdice os caminhos que se abrem. Não se prenda em confortos emocionais e nem em relações que não o permitam crescer.

“Um índio descerá de uma estrela colorida, brilhante. De uma estrela que virá numa velocidade estonteante”.

Esse índio mostra que algumas coisas perderam a utilidade e não devemos mais estocar, nem devemos doar tudo a ponto de não se ter mais nada para dar.

Vamos avaliar nossas posses, nossas necessidades, nossas queixas, nossas urgências e saber onde e quando devemos atacar ou recuar.

Um relacionamento onde não se soma mais, deve ser liberado para que voe e faça verão em outro lugar.

Seja índio, pajé, cacique ou apenas um arquétipo, momento de avaliar essa imagem. De poder, de ser detentor de uma floresta e só tirar exatamente o que necessita. Não é porque sou dono da mata que preciso usá-la por inteiro ou explorá-la a ponto de se esgotar.

“Virá
Impávido que nem Muhammad Ali
Virá que eu vi
Apaixonadamente como Peri
Virá que eu vi
Tranquilo e infalível como Bruce Lee
Virá que eu vi
O axé do afoxé Filhos de Gandhi
Virá…”

Música de Caetano Veloso – https://www.youtube.com/watch?v=hNhTNulyRfw

Virá como o grande esquecido da história para ser o herói da História.

Resgatem seus índios interiores.

Óleo Essencial: Capim Limão

Excelente semana!!!

Marcelo Barroca

Artigo escrito por Marcelo Barroca

Marcelo Barroca Assertividade. Intuição. Humanidade. Assim se caracteriza seu trabalho como Oraculista. Tradução de símbolos arquetípicos com a marca de quem ama e respeita o que faz.

Comentários

Valéria Trigueiro

Valéria Trigueiro é professora de inglês por formação e aromaterapeuta por vocação. Escolheu dentre todas as possibilidades que a Aromaterapia apresenta, elaborar perfumes personalizados como item de “cuidados pessoais”. Para tal utiliza diversas ferramentas de investigação energética e emocional, fazendo anamnese profunda e testes olfativos. Dentre tais ferramentas podem ser encontrados a Carta Natal do cliente, o estudo dos setênios ou a leitura de oráculos com abordagem alquímica. Todos os produtos são elaborados com ervas e óleos essenciais da melhor qualidade, sem quaisquer aditivos químicos.

E-mail para contato

Formulário

Sua opinião é muito importante para nós. Envie uma mensagem através do nosso formulário abaixo.