25 de junho de 2017

Tendências de 25 de junho a 01 de julho de 2017: Somos todos objetos de sedução

Feminino e masculino se fundem e confundem em emoções e atitudes. Não mais há territórios demarcados. O gênero é o humano.

Estamos no período das mulheres, as famosas encantadoras que são capazes de seduzir a Natureza, provocar amor  e alimentar a humanidade. São elas também que simbolizam a espiritualidade, a emoção e principalmente a estratégia.

As mulheres que trazem rios entre as pernas e são as senhoras do ventre.

Essa energia de empoderamento vem não só alertando a necessidade de mais amor, mas também de mais sentimentalismo e mais emoção na vida. Aquelas bem exageradas, com toques dramáticos, mas que transformam o olhar perante a vida.

Então, a tendência do período se encaixa na velha lenda da mulher linda e apaixonante que por querer dominar o futuro, foi capaz de seduzir o mais temido de todos para que lhe oferecesse o mundo aos seus pés.

Por trás de Hitler havia uma mulher, por trás de D. Pedro havia uma mulher, por trás de Napoleão havia uma mulher. E por trás de nossas maiores obstinações (mesmo que infantis)? Existe essa energia feminina? Manipuladora?

Sim! Somos todos capazes de manipular, desviar a correnteza, pegar os atalhos.

E com essa manipulação, vem os resultados. Você é capaz de seduzir, mas é capaz de fazer bom uso da sedução ou da prenda?

Não use a energia do Eremita. A hora é de sair em busca dos novos caminhos. Receber em suas casas as pessoas que trazem o novo, a solução, a sedução.

Todos aqueles que souberem lidar com grupo terão maiores benefícios, mas lembrando que a energia feminina traz a competitividade.

Todos com corações pulsantes pelas novidades que não pararão de surgir por esses dias, mas temos que lembrar que a sedução está no ar e pode mascarar as verdadeiras intenções. E se acaso  nos deixarmos ser manipulados, que saibamos usar de forma correta nossas ações e escolhas.

Está na hora de olharmos com olhar crítico as conhecidas princesas, pois elas podem ser vilãs, boazinhas, paranóicas, centradas, sexuadas ou assexuadas, sedutoras ou apenas fantoches.

Enganados aqueles que entenderam que a energia é apenas feminina e de sedução. Se a energia é essa, não somos nós as princesas. Somos os cavalos brancos que guiarão os príncipes encantados.

Pois você nem percebeu, mas já emaranhado nessa tamanha sedução.

Já que somos cavalos, que saibamos cavalgar de forma elegante e com direção correta. Nada de usarmos antolhos e nos deixarmos ser guiados na direção somente da sedução. Para que haja o equilíbrio, o feminino abre espaço para o masculino.

Uma semana de muita sedução!

Marcelo Barroca

Aroma: âmbar

Artigo escrito por Marcelo Barroca

Marcelo Barroca Assertividade. Intuição. Humanidade. Assim se caracteriza seu trabalho como Oraculista. Tradução de símbolos arquetípicos com a marca de quem ama e respeita o que faz.

Comentários

Valéria Trigueiro

Valéria Trigueiro é professora de inglês por formação e aromaterapeuta por vocação. Escolheu dentre todas as possibilidades que a Aromaterapia apresenta, elaborar perfumes personalizados como item de “cuidados pessoais”. Para tal utiliza diversas ferramentas de investigação energética e emocional, fazendo anamnese profunda e testes olfativos. Dentre tais ferramentas podem ser encontrados a Carta Natal do cliente, o estudo dos setênios ou a leitura de oráculos com abordagem alquímica. Todos os produtos são elaborados com ervas e óleos essenciais da melhor qualidade, sem quaisquer aditivos químicos.

E-mail para contato